15 de janeiro de 2008

das árvores

Não resisti a publicar esta foto (fotos de ana luar), e o texto que, fala por si:

"AO VIANDANTE
TU QUE PASSAS E ERGUES PARA MIM O TEU BRAÇO
ANTES QUE ME FAÇAS MAL, OLHA-ME BEM.
EU SOU O CALOR DO TEU LAR NAS NOITES FRIAS DE INVERNO
EU SOU A SOMBRA AMIGA QUE TU ENCONTRAS
QUANDO CAMINHAS SOB O SOL DE AGOSTO
E OS OS MEUS FRUTOS SÃO A FRESCURA APETITOSA
QUE TE SACIA A SEDE NOS CAMINHOS.
EU SOU A TRAVE AMIGA DA TUA CASA, A TÁBUA DA TUA MESA,
A CAMA EM QUE DESCANSAS E O LENHO DO TEU BARCO.
EU SOU O CABO DA TUA ENXADA , A PORTA DA TUA MORADA,
A MADEIRA DO TEU BERÇO E DO TEU PRÓPRIO CAIXÃO
EU SOU O PÃO DA BONDADE E A FLOR DA BELEZA
TU QUE PASSAS, OLHA-ME BEM E NÃO ME FAÇAS MAL"

2 comentários:

Ju Peteninha disse...

Muito bom.

Muito forte.

Repito-me. Vive. É o caminho a percorrer.

Beijo*

quicas disse...

"Tu que passas, olha-me bem e não me faças mal"
Beijos!