dia de PORTUGAL

PORTUGAL, SEMPRE!

outros mares
navegados já,
porventura conhecidos
mas, a descobrir:
porque outros,
porque estranhos,
porque de outros, não nossos!

outros tempos,
hoje ou amanhã,
decerto incertos
mas, a viver:
porque novos,
porque desafios,
porque nossos, se quisermos!

outros homens,
outros sonhos,
outras lutas:
O MESMO PORTUGAL, O DE SEMPRE!


Foto: Google Imagens

Comentários

Belo o poema de Ary dos Santos.
Notável a interpretação de Carlos do Carmo.
Mergulhei nas palavras que se seguiram. Sim, "...outros homens, outros sonhos, outras lutas..."
Que excelente assinalar do Dia de Portugal!
Um grande abraço
Valvesta disse…
Parabéns Portugal, em seu real valor.( não faço segredo do meu amor a Portugal)
Abraço amigo Quicas, eu tive a ousadia de colocar sua poesia em meu espaço, tanto que gostei, bela!
Obrigada por dividir conosco, enriqueceu meu blog. bjos no coração.
Laura disse…
Olá.
Não conhecia, entende-se como sou surda nem tudo me vem parar ás mãos nem os ouvia cantar na rádio ou TV...

devia ser bom este dia, mas cada vez somos mais os que sem emprego e sem pão vivem amargurados, como seria bom que todos tivessem trabalho, pão, educação...
beijinho da laura
Pat. disse…
Amado amigo quicas,

Já deves saber o Amor que devoto a linda Portugal... e este post trouxe palavras especiais do coração e de lembrança...

Um beijo com carinho e saudades sempre de tua companhia por aqui.

Meu respeito,
Pat.
angela disse…
Um bonito e significativo poema.
beijos
lis disse…
Se tivesse de escolher uma segunda pátria seria Portugal.E ainda dizem que não nos entendemos! os historiadores se metem a criar polêmicas mas em cada coração brasileiro há um pouco de Portugal,escondido , com vergonha de declarar! rs
Parabéns por País tão lindo!
musica e poema muio bons já "salvei", estou levando commigo rs
deixo abraços
Maravilhoso!!!!!!! que vontade imensa de conhecer Portugal hoje e sempre linda.
Abraços
rosa-branca disse…
Lindo o poema do Ary e com a voz do Carlos do Carmo ainda melhor. Obrigado pelo momento, sabe sempre bem recordar. Beijo meu
Janita disse…
Olá quicas.
Muito obrigada pela sua visita ao meu cantinho e que com todo o prazer retribuo.

Já fomos gloriosos Conquistadores
Cruzando mares nunca dantes navegados.
E hoje, o que somos?

Como disse o nosso poeta Maior:

" Ó glória de mandar! Ó vã cobiça / Desta vaidade a que chamamos fama!"


Vou fazer-lhe uma confidência. A minha irmã e o meu cunhado(por arrasto)sempre me chamaram Quicas. Agora imagine porquê?..

Saudações amigas da Janita.
Anne Lieri disse…
O mesmo Portugal maravilhoso que sempre tem um poeta para comover nossos corações!Que bela poesia,Quicas!Abraços a vc e todos os portugueses!
MA disse…
Amigo hermoso poema a tu bella tierra.

Gracias por tu felicitación dejada en mi blog.

Un abrazo de MA .
Jorge disse…
Boa noite Quicas,
Lindo poema de Ary dos Santos que, de Lisboa, torno extensivo a PORTUGAL.

...Portugal, flor sem medo, perfumada com o aroma que o mar tem...
... Os nossos navegadores [como a gaivota], derrotaram todo o mau tempo no mar alto...
E... como no seu poema, ...seguir-se-ão
outros homens, outros sonhos, outras lutas...
Um abraço amigo,
J
Lídia Borges disse…
"Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades..."

Portugal, sempre!
Uma forma bonita de celebrar o Dia de Portugal.

Cumprimentos
neli araujo disse…
Quicas querido,

Que belo fado, amigo! E a letra é maravilhosa! Fiquei emocionada!

Muito obrigada por partilhar conosco algo tão delicado assim como "Um homem na cidade".

Eu nunca tinha ouvido tal fado, e estou maravilhada!

Obrigada, amigo!

Um beijinho,

Neli
Fátima Guerra disse…
Quicas querido

-Parabéns !
Uma terra que dá filhos e frutos tão especiais é, sem dúvida, solo abençoado.
Você mora no meu carinho e na minha admiração.
Beijo
Fátima Guerra
Fernanda disse…
Amigo Quicas!

Lindo este poema de Ary dos Santos e depois a voz de Carlos do Carmo que faz toda a diferença.
Fabuloso.

Beijinhos

Na Casa do Rau
Marliborges disse…
Ai que lindo, ah se eu pudesse voltar à Portugal!!!
Esse poema é a coisa mais linda. Bjs
PizoLizo disse…
...Estou rendido
Parabéns!
Laura disse…
Outros sonhos são precisos
para levantar o explendor
que havia nos tempos idos
e nos deixou sem pavor!

Urge voltar a transformar
a Pátria num bem maior
onde haja para todos
pão paz e amor.

Beijinho da laura
Vieira Calado disse…
Olá, boa noite, amigo!

Estou sem computador, em casa.

Estou num bar e sem muito tempo.

Desejo-lhe bom resto de fim de semana.

Forte abraço
Ary dos Santos foi sábio e belo nas palavras que deixou...

Abraço
Maria disse…
O ontem foi de uns, o hoje de outros e o amanhã...de quem será ?
Em nome do amor, da paz, do progresso, etc, etc existem sempre outros e outros e outros -
Mas, o que está dentro de nós, o corre nas veias e enraizado no coração não muda nem será de outros - doa a quem doer -
Abraços.
Ricardo Calmon disse…
Um show a parte,meu bom Quicas,amado amigo,inesquecível escriba!

viva la vida

uma semana boa e harmonica
Maria disse…
Um fado inesquecível de um poeta sempre presente.
Obrigada, Quicas.

Um beijo.
José Sousa disse…
Olá, estive aqui lendo seu poste, gostei e irei continua vir a seu canto. Vá ao meu "Queriaserselvagem", na página do dia 12 de Fevereiro, leia "A minha luta" e por favor dexe seu comentário, fico muito agradecido.

Um grande abreço.
Nilson Barcelli disse…
O mar, agora, ainda é maior... é global...
Excelente poema, parabéns.
Boa semana.
Abraço.
Nilson Barcelli disse…
PS:
Pensei que o poema fosse teu...
Desculpa a falta de cuidado...
Abraço.
Ricardo Calmon disse…
Amado amigo ,quase irmão,se a vida tributar e solidário ser,passaporte azul para o céu ir,já temos uma quinta no paraíso!

te abraço

viva la vida
quicas disse…
Amigos que me visitam, a todos, antes de mais, obrigado pelas vossas simpáticas visitas e comentários.
Afazeres pessoais e familiares têm-me impossibilitado de visitá-los a todos com regularidade, peço que me desculpem.
Finalmente, parece que, em alguns de vós, este "post" suscitou dúvidas quanto à repartição de autorias, pelo que passo a esclarecer:
1. O poema "PORTUGAL SEMPRE" é de minha autoria, efectivamente.
2. O Fado "Um Homem na Cidade" tem interpretação de Carlos do Carmo e a letra do mesmo, essa, é do inesquecível Ary dos Santos.
Esclarecimentos prestados, deixo a todos as minhas saudações afectuosas.
Hugo Carmo disse…
Querido Pai,
este é o teu canto, onde por vezes passo mas menos escrevo. Deixo que outros o façam, afinal, vamos falando, não é?
Querido Pai, hoje decidi partilhar com aqueles que também gostam de ti, que ontem foi o teu aniversário, e que muitos se seguirão, assim bonitos, assim connosco - connosco!
Querido Pai, aqui de Lisboa te escrevo, quem diria ;)
Não sei se te disse já, este é o meu fado preferido do Sr.Carlos do Carmo, e aproveito para dizer que várias das imagens do video retratam bem alguns lugares onde vou passando, e tu comigo, às vezes...
Sejamos gaivotas voando, por vezes, sobre o malmequer desta cidade, e sempre, com o malmequer da Liberdade.
Estarás sempre connosco, Querido Pai!
Pat. disse…
Amado Amigo Quicas,

Entendo sua ausência.
Obrigada por teu carinho em meus blogs e tuas palavras são para mim preciosidades que guardo no coração.
Te estimo e admiro imenso...
Conheces-me bem.
Beijos com amizade e respeito.
pat.
Valvesta disse…
Ora, a fé é a certeza de coisas que se espera, a convicção de fatos que se não vêem. Hebreus 11. 1.

te convido a conhecer o blog luz: hanukká, http://hanukkalado.blgspot.com/, um abraço no coração.
Belkis disse…
Hermoso poema a una bella tierra.
Abrazos
[ rod ] ® disse…
Belo poema de louvor a Portugal! Amada e respeitada... abs meu caro.
Janita disse…
Olá quicas.
Quero agradecer-lhe o interesse manifestado pela minha saúde. Obrigada, meu amigo.
A recuperação não vai ser tão rápida quanto eu gostaria, mas o tratamento está a ter continuidade e se Deus quiser, hei-de ficar bem.
Um abraço muito amigo da Janita.
rosa-branca disse…
Passei amigo para lhe desejar uma optima semaninha. Beijo meu
lusibero disse…
LINDO, QUICAS!QUE BELA MANEIRA DE LEMBRAR O ARY...
Como diz o seu primeiro comentador, temos que reter esta ideia ,que é intemporal:"...OUTROS HOMENS, OUTROS SONHOS, OUTRAS LUTAS...!
BEIJO DE Mª ELISA
Quicas

Há situações que nos deixam distantes de nós mesmos ...
Vim me encontrar aqui, nestas
alamedas da sua alma, onde é possível observar as flores que
vc cultiva para nossa alegria.
Carinho,
Fátima Guerra
Hoje uma oração para os meus amigos:

Senhor, Olhai pelo meu amigo!
Que as pedras sejam removidas do seu caminho,
Que tenha forças para carregar seus fardos,

Que encontre coragem para resistir ao mal,
Que possa ver o amor em todos os seres,
Que seja abraçado pela lealdade,
Que encontre conforto e saúde se estiver doente,
Que seja próspero e saiba partilhar,
Que tenha paz cobrindo seu espírito,
Que sua mente obtenha os conhecimentos,
Que use sabedoria para aplicá-los,
Que saiba distinguir o Bem do mal,
Que tenha Fé para manter-se forte na dor.

SENHOR, Olhai pelo meu amigo!
Protegei cada passo que ele der,
Que a cada novo dia ele aceite o novo,
Que saiba alegremente comunicar novidade,
Que Vos sinta em todos os momentos
E que tenha o Vosso colo por toda a Eternidade!
Amém.

(desconheço autoria).

beijooo.
lostefound disse…
Como diz o meu Mano e bem, "SEMPRE connosco", MEU pai, nosso pai, nosso amigo, nosso poeta :)

E aaah que saudades de Lisboa, da minha Lisboa, da nossa Lisboa ao ouvir este Fado (inveja me metes Gu :P)!

Um beijo gigante para 2 dos homens da minha vida :)

Mensagens populares deste blogue

coroai-me de rosas

ao nosso amor, um poema, hoje, cristal

13 de Junho de 1948 - Carolina

amor infindo

ternura