Saint-Exupéry - 110º aniversário do seu nascimento

Antoine de Saint-Exupéry 
França
[1900-1944]
Escritor/Aviador

Saint-Exupéry, nascido em Lyon a 29 de Junho de 1900, era um aviador que sobrevoou o norte de África até aos Andes. Ganhou diversos prémios pelos seus romances, mas a obra que o imortalizou conta a história de um aviador que conhece um principezinho, inspirada em experiências do autor.
O livro é uma alegoria à inocência das crianças e ensina lições como «o essencial é invisível aos olhos» e «só se vê bem com o coração». Foi publicado em 1943, um ano antes da morte do escritor, e traduzido em mais de 100 línguas em todo o mundo.




Algumas citações, por temas:







AMIZADE

Os homens compram tudo pronto nas lojas... Mas como não há lojas de amigos, os homens não têm amigos

Ao reencontrar os amigos, todos nós já provamos o encanto das más lembranças

AMOR

Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direcção
Fonte: "Terra dos Homens"

Do primeiro amor gosta-se mais, dos outros gosta-se melhor

Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível para os olhos
Fonte: "O Principezinho" 

CRIANÇA

As crianças têm de ter muita paciência com os adultos

As pessoas crescidas têm sempre necessidade de explicações... Nunca compreendem nada sozinhas e é fatigante para as crianças estarem sempre a dar explicações

Todas as grandes personagens começaram por serem crianças, mas poucas se recordam disso

RELAÇÕES HUMANAS

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós




Fonte: Google







Comentários

VALVESTA disse…
Levam um pouco de nós... e vim deixar um abraço, e agradecer por lembrar-me destas coisas, desta leitura,eu já tinha esquecido ... beijos e abraços com carinho em teu coração amigo.
Marilu disse…
Querido amigo Quicas, que linda homenagem você está fazendo a esse grande escritor, que encantou o mundo com sua literatura. O Pequeno Príncipe...é leitura obrigatória de toda a criança. Beijocas no seu coração.
MA disse…
Magnifico homenaje desde tu blog a un gran escritor y las citas son muy hermosas.
Un abrazo de MA, para ti .
Fátima Guerra disse…
Querido Quicas

Que alegria receber a sua visita !
A moça que aguardava uma estrela na paisagem, finalmente sorriu ao olhar aquele brilho especial entre as nuvens do céu.Obrigada !
Sua presença muito me honra.
Visitar você é um privilégio e uma alegria. Saio daqui enriquecida.
Fique com a minha admiração e carinho.
"O Pequeno Príncipe" é emocionante.
Beijo, Fátima Guerra
Cris disse…
Querido Amigo, que post!
Não precisamos de "muito" para tocar e falar ao coração. Não precisamos de muitas palavras ou desenhos para comover e transmitir ternura.

Seu post trás ternura!
Algumas vezes penso que Antoine de Saint-Exupéry é o próprio Pequeno Príncipe e que ele não existiu a não ser em uma estrela perdida no Universo com toda a sua sabedoria e amor. É lindo demais! COMOVENTE!

Um beijo pra vc!
Pérola disse…
Grannnnnde homenagem.
Cada vez q leio esse livro uma nova descoberta eu faço.
Parabéns amado.
Beijokas.
Estupendo homenaje!! Maravilloso y encantador. Genial el video. Felicitaciones! Un abrazo grande.
ღPat.ღ disse…
Amado amigo quicas,
Que interessante este post.
Eu não sabia isso tudo desta pessoa fantástica, embora reconheça algumas frases e citações.
Como sempre nos trás palavras especiais que marcam e mostram o real motivo de ser especial lê-lo.

Beijos com carinho, respeito e amizade.
Maria disse…
Meu amigo, que belo post!!! que feliz lembrança !!!
e eu diria que ......"tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas"...
Abraços.
Belkis disse…
Me uno al homenaje de ese gran autor que tanto nos legó con su estupenda obra El Principito.
Un placer siempre pasar por tu casa.
Besos
Uma linda homenagem.

Quicas hoje seu blog é um dos indicados por mim.

beijooo.
Maria Ribeiro disse…
quicas: que lindo mar no teu layout!
Sobre "O Principezinho": um livro eterno! Um livro onde, quase sem querer, se dá ao mundo lições de valores que são sempre actuais: luta constante entre o bem e o mal, até ao fim dos tempos. Obrigada por teres trazido esse tema para o mundo virtual!Outros o fizeram e eu não quis, por esse motivo, fazer um artigo alargado; sabes que, quando começo a escrever nem sinto que o estou a fazer e o texto cresce...
BEIJOS
LUSIBERO
Vieira Calado disse…
Li-o há muito tempo.

Mas fiquei com óptima impressão.

Um abraço
ola bom dia!! vim visitar seu cantinho que por sinal e fofo parabens estou te seguindo e queria te oferecer um selinho que esta postado no inicio do meu blog que fiz com muito carinho para vcs que tem esses cantinhos magicos e tao aconchegante bjos
Feliz Metade do Ano!

Ótima tarde.

beijooo.
Fernanda disse…
Querido amigo!

Belíssima esta homenagem ao meu primeiro escritor e livro preferido.
Eu li-o primeiro com o meu pai...
Mais tarde li o original e continuei a lê-o para o meu filho e muitas vezes para mim própria.
A última vez que o li novamente foi para fazer um trabalho sobre o meu primeiro encontro com a leitura.

Exuspéry, ao escrever este PEQUENO livro deixou-nos todos os ensinamentos, para mim todos mesmo!

Obrigada por este momento lindo.
Beijinhos

Na Casa do Rau
Nossa, como eu gosto desse autor e desse livro. Ganhei de meu pai, que era professor, aos 12 anos de idade. Existe até hoje. Ele passou uma temporada na cidade em que estou morando desde 2007. A casa transformou-se para visitação. Gostei muito de seu espaço. E já que cai aqui, aproveito para convidá-lo a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER..., com histórias de nosso Brasil; e MEU CADERNO DE POESIAS, coleções de poesias desde a época de minha juventude.
Um forte abraço.
Saudações Educacionais !
E QUE VENÇA O BRASIL !
OutrosEncantos disse…
"O Principezinho", um livro encantador, para crianças e também adultos. Não terá sido por acaso que o dedicou a um adulto com uma dedicatória lindissima, que eu tomo a liberdade de aqui transcrever, embora já todos conheçam:

"Peço às crianças que me perdoem por ter dedicado este livro a uma pessoa grande. Tenho uma desculpa séria: essa pessoa grande é o maior amigo que tenho no mundo. E tenho outra desculpa: essa pessoa grande compreende tudo, mesmo os livros para crianças. Ainda tenho uma terceira desculpa: essa pessoa grande vive em França, onde tem fome e frio - é preciso consolá-la. Se todas estas desculpas não bastarem, então, quero dedicar este livro à criança que foi outrora essa pessoa grande. Todas as pessoas grandes começaram por ser crianças (embora poucas se lembrem disso).
Corrijo pois a minha dedicatória:
- A Léon Werth, quando era pequeno!

Achei de uma ternura impressionante!

E agora sou eu que peço desculpa a ti, por não ter reparado que não tinha adicionado aqui o meu novo perfil, razão porque não recebia as tuas actualizações.

Beijos, amigo, gostei de aqui passar :))
Véu de Maya disse…
citações fantásticas dum livrinho
que li na minha juventude de maneira gratificante....
Bem-hajas, por lembrares a efeméride, e o interesse do livro.
deixo uma citação de Voltaire" Se as crianças são tão inteligentes, porque há adultos tão estúpidos"

Abraço,

Véu de Maya
Um ser humano fantástico... nada mais me ocorre...

grata pela partilha!

Abraço
Marilu disse…
Querido amigo, tenha um lindo final de semana...Beijocas
Pérola disse…
Vim te deixar o meu beijo de bom dia meu lindo.
Ricardo Calmon disse…
Amado Fraternal Amigo:

Belo e intenso póstumo tributo a esse sonhador escriba,que vidas de nós todos com ele se deliciam,desde a infancia e dourados anos de juventude nossas!
Blog teu,oráculo de literatura e bem hagir,amalgamado de poesias e narrativas inesquecíveis,me faz cada vez mais pessoa melhor,de palavras tuas oriundo!

te amamos escriba querido de vida nossa!

viva la vida!
Janita disse…
Amigo Quicas.
Os seus posts são tão cativantes como este conto encantado de Saint-Exupéry,lido e passado de pais para filhos como um valioso legado de ternura e sensibilidade.
Creio que foi durante as férias da Páscoa, que o meu neto João se encantou com este Principezinho e o leu num ápice.
Os afectos não nascem à primeira vista, vão-se cativando e florescendo quando aprendemos a olhar para as pessoas,não com um olhar crítico e exigente, mas com os olhos do coração que vê o que está muito para além das aparências, ou seja, o invisível.
Obrigada amigo Quicas, nós adultos também temos ainda o nosso lado infantil e o desejo de cativar e fazer perdurar os laços afectivos que vamos construindo ao longo da vida, ainda que virtuais, verdade?

Essas imagens de Braga são-me muito familiares. Os meus filhos Formaram-se na Universidade do Minho e durante vários anos, todos os caminhos para mim dar a Braga...
Com muito carinho da
Janita
Rita Lavoyer disse…
Quicas! Vim visitá-lo sem antes tê-lo avisado. A raposa disse ao seu amigo com cabelos cor de trigo:
" Avise-me pelo menos uma hora antes da tua chegada, para que eu me alegre uma hora antes por saber que virás" .
Visite-me lá no meu bloguinho, não precisa avisar, ficarei feliz depois.
Sonhadora disse…
Meu querido amigo
Uma bela homenagem, muitos ensinamentos nos deixou Antoine de Saint-Exupéry.

beijinhos com carinho
Sonhadora
Tenha uma linda semana.

Tomara que essa semana seja
para você um ínicio de vida
inteiramente azul...

Que o mau humor e as coisas
ruins fiquem bem longe de
você...

Que você comemorar cada novo
dia...

E aceite cada momento como um
presente especial da vida para
você.

Você possa declarar, demonstrar
e receber muito amor...

Que sonhe e voe cada vez mais
alto, e alcance seus sonhos!

Que você possa e saiba trabalhar
e estudar, e fazer tudo com prazer.

Que saiba descansar, se divertir
e fazer o que você gosta!

Seja sempre essa Pessoa Especial
que é!

Que você tenha uma Linda Semana!!!

(texto da net).

beijooo.
bom dia!!!
VIM TE DESEJAR UMA LINDA SEMANA
CHEIA DE PAZ E PROSPERIDADE
Nilson Barcelli disse…
Uma fonte inesgotável de leitura.
Saint-Exupéry continuará vivo enquanto for lido.
Boa semana, abraço.
Zélia Guardiano disse…
Lindo demais!
Tudo!
A postagem, o espaço, o clima...
Virei sempre.
Abraço
Lídia Borges disse…
O Principezinho, uma obra encantadora que não tem idade, porque são sempre actual os valores que preconiza. A mim encanta-me a poesia que comporta.
"Cativar é criar laços"

Saudações

L.B.
CamilaSB disse…
«Todas as grandes personagens começaram por ser crianças mas poucos se recordam disso» quanta verdade existe nesta frase...
Adorei a postagem...parabéns pela lembrança! Beijinho e obrigada pelas palavras carinhosas!
Janita disse…
Querido amigo Quicas.
Não sei se já se encontra de férias, se fôr o caso aproveite-as bem.
Eu também me vou afastar até Setembro,mais de metade do tempo a trabalhar e o restante vou fazer umas fériazitas. Contudo, antes de partir vim trazer-lhe o meu abraço amigo e dizer-lhe que foi um enorme prazer para mim este partilhar de amizade e de opiniões.
Até breve e cuide de si.
Com carinho.
Janita
Janita disse…
Amigo Quicas, por lapso da minha parte não lhe sugeri que visse o meu último post. A sua opinião é sempre muito importante e valiosa para mim.
Beijo muito amigo.
Janita
Pérola disse…
Amado,para entender a minha postagem atual é preciso ler a anterior tenho certeza q vc vai entender melhor rs.
Adoro a sua visita e sinto a sua falta moço lindo.
Beijokas.
Marilu disse…
Meu querido amigo, tenha um lindo final de semana...Beijocas
Amanda disse…
Belas citações e de verdades profundas.

Estou seguindo teu blog com carinho.

Beijos em versos!!!
Naty e Carlos disse…
"A distância pode causar saudades, mas nunca o esquecimento."
Uma boa semana
bjs
Fernanda disse…
Amigo Quicas!

Andamos arredados, já tinha saudades!
Curiosamente já li este livro várias vezes e nunca o li em Inglês.
Lembrei-me agora quando vi o título em Inglês.

Beijinhos

Na Casa do Rau
Tere Tavares disse…
Há grandezas onde sequer há a possibilidade de as imaginar. E podem ser vistas, se temos o olhar magnânimo.
Abraço
Vieira Calado disse…
Vim ver se havia novidades...

Mas como é tempo de férias...

Um abraço
BOA NOITE TUDO BEM COMO SEMPRE SEU BLOG ESTA MAGNIFICO . E MUITO BOM NAVEGAR NO SEU CANTINHO!PARABENS UM GRANDE ABRACO DE MARCIA E CARLOS
Laura disse…
quicas..tou doentinha (de cama quase sempre desde sexta feira, mas mais a pé que na cama ehhhh...) mas não podia deixar de vir cá e deparo com um livro que li já tarde mas valeu a pena...Aquele abraço da laura
Malu disse…
Tão bela e terna homenagem...
Um presente adorável a todos nós que passamos por aqui.
Beijinhos
Triste Flor disse…
cho que tudo já foi dito... então deixo um grande abraço e aproveito dizer que está tudo lindo por aqui, amo o pequeno Principe, amei o post... Bjus poeta.

Mensagens populares deste blogue

coroai-me de rosas

ao nosso amor, um poema, hoje, cristal

13 de Junho de 1948 - Carolina

À melhor professora do mundo

Montanha