Sob o frio vento norte


Sob o frio vento norte,
Pelo montado, à tardinha,
Te encontrei e, amada minha,
Abrigado em teu regaço,
Ultrapassei meu cansaço
E, aos céus, louvei por tal sorte!
Foto de Olhares da Gui (http://olhares.aeiou.pt/foto1447819.html

Comentários

Mika_lima disse…
adorei seu blog, muito gostoso ler sobre a vida...se quiser passe lá no meu... está a sua disposição
www.mikaalemdafronteira.blogspot.com

Mensagens populares deste blogue

coroai-me de rosas

ao nosso amor, um poema, hoje, cristal

13 de Junho de 1948 - Carolina

amor infindo

ternura