Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2013

“Amanhecer pelo fim da tarde”

Imagem
Lançamento do meu livro “Amanhecer pelo fim da tarde”, dia 13 de Abril de 2013, em Lisboa.
Ainda em Abril, em data e local a anunciar, espero fazer uma apresentação em Braga. Mais adiante, Porto ou Gaia!




Ver CONVITE

Ecos

Imagem
De mim inseparável Em momentos de verdade, De paragens que renovam o tempo do “eu”, Em mágicas viagens A recônditos espaços do universo, Que alongam os segundos do hoje Ou se propagam, Quais ecos de amanhãs talvez já vividos, Fonte inesgotável de energia e vivacidade, Íntimo da relação entre mim e eu-mesmo, Tão íntima quanto aberta ao outro, Na partilha de emoções…
Tu, silêncio, falas de mim, por mim, connosco, Em cada poema-feito-grito-tempo-vida!
Como dizes meu sentir… Onde calas meus segredos… Quando cantas meus lamentos…
A ti, poesia… … pressinto a soletrar meus silêncios!
Joaquim do Carmo (a publicar) © (direitos reservados) Foto “Macro Jeans”, de Joana Do Carmo

(intervalos)

Imagem
Pasmado é o tempo, inquieto Do renascer constante, sedento Das águas perenes, correntes Nos rios inteiros, de intensos Gritos de vida, sadia Mensagem de esperança Sempre, sempre renovada…
De novo, agora, antes que amanhã Seja hoje deixado, perdido Entre margens quaisquer, Terras e gentes vencidas, Desertos pungentes na fingida Ânsia do presente distante… Parado está o tempo, pasmado!
Parado, me fecho no tempo, Pasmado, sem vento, sem dia, Sem noite ou luar, nem o sol, Nem jardim de flores a brotar Teimando de vida, nem campo, nem mar… Parado, tempo, jamais me encanto, E cantando, de amor, me invento!
Joaquim do Carmo (a publicar) © (direitos reservados) Foto: reprodução de quadro de Vincent Van Gogh