Para lá de muito longe




Seria um dia como qualquer outro, não fora nada se passar de importante. O tempo, as árvores, as gentes, tudo parecia igual: era um dia mais, ou menos, conforme o ponto de vista – e que diferença faria!

Na aparente quietude, um gesto, um sorriso, um olhar, algo que pudesse fazer a diferença, nada: em vão a procura, a impaciência do murmúrio ou o total silêncio, o arrepio face ao imprevisto… (afinal, não era outro dia?!) nada.

Preparado para enganar o devir, instalado no espanto e na incerteza, dei por mim a pensar que, enfim, algo poderia acontecer nesse dia e eu, ainda mais espantado, podia ser parte do acontecimento: bastaria regressar de onde andava, estar no momento que me passava ao lado, fazer perto de mim o longe da ausência… e ser."

Joaquim do Carmo in "Nas Entrelinhas do Tempo" (a publicar)
Foto: Reprodução de quadro de Salvador Dali

Comentários

Jorge disse…
Bom dia Amigo Quicas,
Ser...
Dar-me-ia gozo ser mais do que posso ser, conseguir mais do que estou à espera e desafiar-me, no fundo é isso, não ter medo de errar.
Um abraço,
Jorge
Zilani Célia disse…
OI JOAQUIM!
É QUASE COMO NÃO ESTAR EXISTINDO E ACHO QUE EM MOMENTOS DA VIDA ASSIM ESTAMOS.
MUITO BELO TEU TEXTO, LEVA-NOS A PENSAR...
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Andradarte disse…
Um cheirinho do Belo texto que se adivinha....

Nem sempre com palavras para comentar...mas vou passando..
Abraço
Cadinho RoCo disse…
Existem períodos que se fazem mais turvos seja lá por que motivo for.
Cadinho RoCo
Mar Arável disse…
Tudo se move

até o vento

. intemporal . disse…
.

.

. qualquer dia como um dia qualquer . aparente.mente igual a tantos outros . poderá ser em tudo semelhante mas em algo diferente . e assim a memória o dirá .

.

. abraço .

.

.
Sotnas disse…
Olá prezado Joaquim, e que tudo esteja bem contigo!

É como disse, é um novo dia, ainda que aparentasse ser feito os outros passados, assim como nós revivemos a cada dia que acordamos, cada dia é único e não se repetirá se não em nossas lembranças!
Agradeço por compartilhar teus belos pensamentos, e também por tuas gentis visitas e comentários que sempre deixa por lá, bem como a amizade, e assim desejo que seja sempre tão intenso e deveras feliz o teu viver, um grande abraço e, até mais!
Graça Pereira disse…
"Ser"...é isso que faz com que um momento ou um dia, seja diferente do outro...Há quem se esqueça deste "pequeno" pormenor.
Abraço
Graça

Mensagens populares deste blogue

coroai-me de rosas

ao nosso amor, um poema, hoje, cristal

13 de Junho de 1948 - Carolina

amor infindo

ternura